Datafolha: Lula tem 48% das intenções de voto; Bolsonaro, 27% e Ciro, 7%

Foto: Evaristo Sa/AFP - Sergio Lima/AFP - Dida Sampaio/Estadão

Ex-presidente abre 21 pontos sobre o atual presidente no 1º turno, aponta levantamento do instituto

Por Giordanna Neves e Matheus de Souza
Atualização:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) abriu 21 pontos porcentuais de vantagem sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL) no primeiro turno, aponta pesquisa do Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 26. De acordo com o levantamento, o petista lidera a corrida presidencial com 48% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro (27%) e Ciro Gomes (PDT), com 7%. Os demais candidatos não ultrapassam 2%.

Veja os números

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Lula: 48%

Bolsonaro: 27%

Ciro Gomes: 7%

André Janones (Avante): 2%

Simone Tebet (MDB): 2%

Pablo Marçal (Pros): 1%

Vera Lúcia (PSTU): 1%

Os pré-candidatos Luiz Felipe Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (Democracia Cristã), Luciano Bivar (União Brasil) e general Santos Cruz (Podemos) não pontuaram. Brancos e nulos são 7% e não sabem, 4%

Pesquisa reforça disputa polarizada entre Lula e Bolsonaro
Pesquisa reforça disputa polarizada entre Lula e Bolsonaro 

O levantamento é o primeiro realizado pelo instituto após Sérgio Moro (União Brasil) e João Doria (PSDB) abandonarem a corrida ao Planalto. Na última pesquisa a diferença entre Lula e Bolsonaro era de 17 pontos. O instituto, no entanto, aponta que o novo levantamento não é diretamente comparável ao anterior, realizado nos dias 22 e 23 de março, por aplicar cenários distintos.

Votos válidos

De acordo com a pesquisa divulgada nesta quinta-feira, Lula venceria a eleição presidencial no primeiro turno se a disputa fosse hoje, com 54% dos votos válidos, contra 30% de Bolsonaro. O porcentual de votos válidos, que exclui os em branco e os nulos, é o considerado pela Justiça Eleitoral para declarar o resultado final. No primeiro turno, vence o candidato que tem 50% dos votos válidos mais um.

Espontânea

Segundo a pesquisa, Lula cresceu na pesquisa espontânea, quando não são apresentados nomes dos candidatos, e aparece com 38% - em março eram 30%. Bolsonaro tinha 23% em março e agora pontua 22%. O levantamento mostra, ainda, que os indecisos na espontânea somam 29%, menor índice da série para esse quesito - eram 32% em março. A conclusão feita pelo Datafolha é que esta taxa confirma a tendência de afunilamento rumo a um embate direto entre Lula e Bolsonaro.

A pesquisa foi feita com 2.556 eleitores acima dos 16 anos em 181 cidades de todo o país, e o levantamento foi feito entre quarta-feira (25) e quinta-feira (26). A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-05166/2022.

Segundo turno

O Datafolha também fez simulações para um eventual segundo turno. Lula marca 58% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro, seu principal adversário, chega a 33%. Na pesquisa anterior, de março, Lula tinha 55% das intenções de votos, contra 34% de Bolsonaro.

A vantagem do ex-presidente, portanto, cresceu de 21 pontos percentuais para 25, diz o levantamento. Votariam em branco ou nulo 8%, contra 10% antes, e 1% não sabe em qual deles votar, mesmo índice anterior.

Em um cenário de Bolsonaro contra Ciro Gomes, o pedetista vence o presidente por 52% a 36%. Em março, Ciro marcava 46%, e Bolsonaro tinha 37%. Os votos em branco e nulos são 10%, contra 16% na pesquisa anterior. Os indecisos seguem somando 1%. Já entre Lula e Ciro, é o petista quem venceria no segundo turno com 55% contra 29% do candidato do PDT. O cenário se mantém estável em relação à pesquisa de março, quando Lula marcou 54% e Ciro, 28%.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Publicidade