PUBLICIDADE

Em Paulínia (SP), PT retira apoio ao seu candidato

Por Ricardo Brandt
Atualização:

A executiva estadual do PT de São Paulo retirou o apoio ao próprio candidato a prefeito em Paulínia, no interior do Estado, Dixon Carvalho, após ele ser acusado de pedofilia, em vídeos enviados ao PT. O partido destituiu a diretoria municipal - que havia decidido manter Carvalho no PT - e nomeou uma comissão provisória. O candidato afirma que a gravação é uma montagem, mas vai para as urnas sem o apoio do PT. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.