PUBLICIDADE

José Sarney dá dicas culturais: o cavaleiro da triste figura e um clássico do cinema

Ex-presidente também indica canção maranhense que homenageia São Luís

Foto do author Redação
Por Redação

O ex-presidente José Sarney, membro da Academia Brasileira de Letras, é o personagem da semana na série do Estadão “Para ver, ouvir e pensar”. O político do Maranhão sugere como produções culturais dois clássicos e um hino. Os dois primeiros são do mundo da literatura e do cinema. O terceiro vem da terra natal de Sarney.

A seguir veja as dicas do ex-presidente:

O ex-presidente José Sarney em solenidade no Congresso Foto: Dida Sampaio/ESTADÃO


Um livro:

O imortal da ABL indica um clássico da literatura mundial para leitura. Sarney sugere o obra do espanhol Miguel de Cervantes: “Dom Quixote de La Mancha” que retrata os caminhos e descaminhos de Dom Quixote, o cavaleiro da triste figura, que cria sua própria cruzada e acreditava enfrentar gigantes ao avistar moinhos de vento.

Livro de Cervantes indicado pelo ex-presidente José Sarney Foto: Reprodução / Estadão


Um filme:

Sarney opta por mais um clássico, esse da cinematografia, como sugestão de filme para assistir. O político indica ver ou mesmo rever Casa Blanca, a produção em preto e branco de 1942 protagonizada por Humphrey Bogart e Ingrid Bergman.

E como o trailer oficial acima na época não fazia menção à também clássica cena que eternizou a produção, segue o trecho abaixo com a canção As times goes by:


Uma música

O político maranhense volta-se a seu Estado para escolher uma canção. Na verdade, Sarney indica um hino, música feita para homenagear São Luís a capital do Maranhão.



Ficha técnica:

Publicidade

Filme: Casablanca, 1942

Livro: Don Quixote de La Mancha, de Cervantes

Música: Hino de São Luís, do poeta Bandeira Tribuzi

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.