Ministros parlamentares se licenciam para votar no domingo

Ao todo, quatro titulares de pastas do governo Dilma vão participar dos pleitos na Câmara e no Senado

Por Tania Monteiro e Daiene Cardoso
Atualização:

 Brasília - Os ministros Pepe Vargas (Relações Institucionais), Patrus Ananias (Desenvolvimento Agrário), Edinho Araujo (Portos) e Kátia Abreu (Agricultura) se licenciam neste sábado, 31, de seus cargos para assumir mandato parlamentar. Os dois primeiros, deputados federais eleitos para a próximo legislatura, tomam posse no domingo e participam da votação para a presidência da Câmara. Kátia Abreu faz o mesmo no Senado.

Ministro das Relações Institucionais, Pepe Vargas Foto: Ed Ferreira/Estadão

Apesar de ser obrigatório o retorno deles e a permanência por, pelo menos, um dia no Congresso para garantir o mandato parlamentar, o reforço na votação para as mesas diretoras das duas casas faz parte também da estratégia do governo para manter uma composição que lhe seja minimamente favorável. 

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu Foto: Ed Ferreira/Estadão

Nesta manhã, a coordenação política do governo se reuniu com a presidente Dilma Rousseff no Palácio da Alvorada. Fazem parte da coordenação política os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil), Jaques Wagner (Defesa), Miguel Rossetto (Secretaria-Geral), José Eduardo Cardozo (Justiça) e Pepe Vargas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.