Catar lixo por prêmio de R$ 5 mil e viagem ao Japão? SP terá 1º torneio de esporte que limpa as ruas

Equipe vencedora também ganhará viagem para o Japão com tudo pago para disputar etapa global; evento na capital será no Largo da Batata

PUBLICIDADE

Por Isabel Gomes
Atualização:

Já é tradição: em eventos esportivos como Copa do Mundo e Olimpíada, os japoneses chamam atenção pelo hábito de limpar os estádios, recolhendo lixo deixado pelo público. Valendo dinheiro, a combinação desses dois elementos – esporte e limpeza – chega a São Paulo no fim do mês, no dia 28 de maio, com a realização da competição de Spogomi, nome dado ao esporte criado no Japão que visa a coleta e separação de lixo.

A realização do evento no Brasil é a etapa nacional do que será a Copa Mundial de Spogomi. Ao todo, 20 nações irão participar do Mundial, sendo o Brasil o único representante da América Latina. A competição também acontece em países como Suécia, Espanha, França, Índia, Filipinas e, claro, Japão.

Competições são realizadas em cidades do Japão desde 2008; prática foi reconhecida oficialmente como esporte dez anos depois Foto: SPOGOMI/Divulgação

PUBLICIDADE

A disputa será no Largo da Batata, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Em grupos de três pessoas, as equipes vão percorrer um trajeto de aproximadamente 1,5km na região, com sacos de lixo, pinças e luvas. O trajeto será divulgado somente no momento da prova, para evitar fraudes. Os competidores terão 1 hora para coletar o máximo de lixo possível.

O foco do esporte é a despoluição. Tanto é que o regulamento descreve que é proibido recolher materiais já depositados em lixeiras ou deixados em pontos de coleta. Após o recolhimento, os participantes terão mais alguns minutos, na Praça Victor Civita, para realizar a triagem do material, separando os lixos em suas devidas categorias de reciclagem, pesando e avaliando os resultados.

A equipe vencedora leva para casa R$ 5.000 e também ganha uma viagem para o Japão com tudo pago para disputar a etapa global da competição, que ocorrerá em novembro.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 25 de maio, pelo site oficial do evento, onde também é possível consultar o regulamento. As vagas são limitadas. A expectativa é de que a competição reúna entre 20 a 30 equipes.

200kg de lixo recolhidos em 2023

A prática espalhou-se informalmente em 2008, por meio de prefeituras do Japão. Foi somente em 2018 que a iniciativa foi reconhecida como esporte. Idealizado pela Nippon Foundation, ONG japonesa com foco em sustentabilidade, o projeto tem como nome Spogomi pela junção das palavras japonesas “SPO”, que significa esporte, e “GOMI”, que significa lixo.

Publicidade

“Para os japoneses, não deixar lixo para trás é natural. Eles criaram, então, essa iniciativa para promover justamente essa consciência ambiental”, explica Ana Flavia de Wit, diretora da Geek+, agência responsável por trazer o evento ao País.

Regulamento diz que é proibido coletar materiais já depositados em lixeiras; foco do esporte é a despoluição Foto: SPOGOMI/Divulgação

No Brasil, a Agência Geek+ promove o evento em parceria com a Agência São Paulo de Desenvolvimento (Adesampa), que integra a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SMDET) de São Paulo.

Segundo a diretora da Geek+, o Vietnã coletou mais de 80kg de lixo, enquanto na Indonésia os esportistas recolheram mais de 130kg – essas foram as duas etapas do Mundial realizadas até agora em 2023. As fotos abaixo, publicadas na conta do Twitter da competição, são da etapa Vietnã, em abril.

A união de um ato sustentável com uma “gamificação” pode ser o gancho para que a juventude tenha mais atenção para o cuidado ambiental, diz Ana. “É uma iniciativa diferente do que as pessoas estão habituadas”, afirma. “Olhar quanto lixo coletamos em uma hora provavelmente impacta mais do que fazer mais do mesmo, principalmente para o público jovem.”

PUBLICIDADE

O perfil do público participante varia muito de acordo com cada país. No Japão, por exemplo, o esporte é praticado especialmente por famílias, com um foco educativo. Já na Indonésia a ação teve parceria com uma ONG focada em diretos femininos, e a maioria das participantes foi de mulheres.

Spogomi no Brasil

  • Evento ocorre no Largo da Batata, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo, no dia 28 de maio, entre 9h e 15h;
  • As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site do evento até o dia 25 de maio. Menores de idade podem participar. Cada equipe deve ser composta por três pessoas;
  • A premiação é de R$ 5.000, além de uma viagem para o Japão com tudo pago para disputar a etapa global da competição, que ocorrerá em novembro.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.