PUBLICIDADE

Acidente na Cisjordânia mata 5 crianças palestinas

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Pelo menos cinco crianças palestinas e um professor morreram nesta quinta-feira quando o ônibus escolar em que estavam colidiu com um caminhão e depois capotou e pegou fogo, na Cisjordânia ocupada, afirmou o serviço de emergência. Uma testemunha, identificada apenas como Tayseer, disse à Rádio israel ter visto um caminhão ir de encontro ao ônibus. "O fogo começou na frente e nós ajudamos as crianças, a partir do lado de trás. Vi muitas delas morrerem logo", disse ele. O ônibus levava dezenas de crianças de uma escola maternal e de ensino fundamental, do campo de refugiados de Shufat, perto de Jerusalém, para um parque perto da cidade de Ramallah, na Cisjordânia. O chefe da unidade da polícia israelense para o trânsito na área, Doron Yisraeli, disse que havia chovido, o caminhão brecou e deslizou na direção do ônibus, ao norte de Jerusalém. Segundo Yisraeli, "erro humano" combinado com condições difíceis tiveram consequências letais. O serviços emergenciais palestinos e israelenses cooperaram nos esforços de resgate no local. O diretor do Hospital de Ramallah na Cisjordânia, dr. Ahmad Bitawi, disse que cinco crianças e um professor foram declarados mortos no próprio local, e 54 crianças estavam sendo tratadas por ferimentos. De acordo com Yisraeli, a polícia palestina e israelense estavam cooperando O presidente palestino, Mahmoud Abbas, declarou três dias de luto nos territórios palestinos. O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que está em visita a Chipre, emitiu comunicado lamentando as mortes. (Por Jeffrey Heller)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.