PUBLICIDADE

Alimento dado por sonda será recolhido

Segundo a Anvisa, lote do produto contaminado com coliformes fecais é vendido em várias partes do País

Por Ligia Formenti e BRASÍLIA
Atualização:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda e a distribuição de um lote de um produto usado para alimentação enteral (feita por sonda) por estar contaminado com coliformes. Fabricado pela Nuteral Indústria de Formulações Nutricionais Ltda., o Total Nutrition Soy HSS Neofiber era dado principalmente a pacientes debilitados, internados em hospitais "É um problema sanitário grave", afirmou a gerente de risco de alimentos da Anvisa, Ângela Karinne Castro. O lote, de número 4.416, tem data de validade até novembro deste ano e, de acordo com a agência, era vendido em várias partes do País. Depois da constatação do problema, fiscais visitaram a fábrica e identificaram que outras normas de segurança não eram observadas. Foi dado prazo para empresa corrigir os problemas. "Não há como dizer se pacientes que usavam o produto necessariamente passariam mal. Mas há um risco que não pode ser desconsiderado", disse Ângela. O "alimento para situações metabólicas" interditado era indicado para pacientes com restrição de sódio e sacarose. Coliformes são grupos de bactérias presentes no sistema gastrointestinal. A gerente da Anvisa disse que a identificação de coliformes em produtos alimentares não é comum. "Principalmente em alimentos indicados para pacientes numa situação mais delicada."A coleta do produto será feita por vigilâncias dos Estados. Não há como saber quanto do produto foi usado. O Estado procurou representantes da empresa, mas não obteve resposta até a noite de ontem.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.