PUBLICIDADE

Até agora, 40 PMs se entregaram à polícia do Rio

Por Solange Spigliatti
Atualização:

Quatro dos 44 policiais militares que deveriam ter se entregado por serem suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas, formação de quadrilha e corrupção no Rio têm mais oito dias para se apresentar à PM do Rio. Até ontem, 40 PMs compareceram ao 15º Batalhão de Duque de Caxias (Baixada Fluminense). Eles pertencem ao grupo de 73 PMs presos em setembro passado durante a Operação Duas Caras sob suspeita de receber de R$ 2.000 a R$ 3.900 para colaborar com o tráfico de drogas. O contingente representava, na época, 10% do efetivo do 15º Batalhão. A Justiça mandou prender os policiais, na terça-feira passada, porém, a Justiça decidiu libertá-los por entender que a denúncia (acusação formal) do Ministério Público Estadual não especificava a participação de cada um no suposto esquema. Na sexta-feira, a Promotoria apresentou uma nova denúncia, incluindo um 44º suspeito. O grupo ficará detido no Batalhão Especial Prisional da corporação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.