ATUALIZA 1-Primeiro leilão de transmissão de energia do ano ocorre em 10 de maio

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o edital do leilão de transmissão marcado para 10 de maio e que irá licitar 10 lotes de linhas e subestações em 11 estados brasileiros. Entre os empreendimentos que serão licitados, estão sistemas que irão colaborar para a escoar energia da hidrelétrica Belo Monte. Em reunião de diretoria nesta manhã, a Aneel aprovou que O leilão licitará sistemas de transmissão no Piauí, Pernambuco, Ceará, Maranhão, Goiás, São Paulo, Paraná, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pará e Tocantins. O relator do processo na Aneel, diretor Edvaldo Santana, chamou atenção para a necessidade de que as etapas realizadas antes do leilão ocorram mais rapidamente, para evitar atrasos na entrada em operação das linhas. Segundo ele, cerca de metade dos 10 lotes do leilão já estão com data de previsão de início de instalação atrasada dentro do cronograma oficial. O diretor acrescentou, em reunião da diretoria, que o leilão mantém a regra de limitar a participação de empresas que tenham sofrido penalidades ou atrasos superiores a 180 dias na entrada em operação de empreendimentos de transmissão sob sua responsabilidade. As empresas do grupo Eletrobras Chesf e Furnas estão entre as empresas que não poderão participar do leilão sozinhas, além de uma empresa da Cteep, disse Santana. Em entrevista a jornalistas na segunda-feira, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse que "atrasos em nossas obras não compromete a segurança" do fornecimento de energia. Na mesma entrevista, o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, disse que o governo pretende leiloar em no máximo 2 meses a concessão da usina hidrelétrica de Três Irmãos, vencida desde 2011, iniciando um processo que deverá atingir outras usinas até 2017. (Por Anna Flávia Rochas)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.