Brasileira violentada na Índia sonhava em conhecer o país; saiba mais sobre o casal de turistas

Fernanda e Vicente viajaram por ao menos 66 países nos últimos cinco anos; os influenciadores digitais mantinham um canal de viagens de motocicleta nas redes sociais

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O casal formado pela brasileira Fernanda e o espanhol Vicente somava mais de 170 mil km rodados de moto e ao menos 66 países visitados em cinco anos quando sofreu um ataque na noite de sexta-feira, 1º, na Índia. A violência do caso ganhou repercussão internacional, com parte dos envolvidos presos pelas autoridades locais.

Natural de Goiânia e mais conhecida como Nanda, a brasileira tem 28 anos. Ela e Vicente mantêm o canal de viagens Vuelta al Mundo en Moto (“Volta ao Mundo de Moto”, em tradução livre), com milhares de seguidores no Youtube, Instagram, Facebook e TikTok. Ambos os influenciadores digitais são “embaixadores” de uma marca do setor de motocicletas.

Casal Vicente e Fernanda viaja pelo mundo há cerca de 5 anos Foto: @vueltaalmundoenmoto via Instagram

PUBLICIDADE

A dupla viajava pela Índia há cerca de seis meses, com algumas saídas pontuais para países vizinhos, como o Sri Lanka. No ano passado, em seu perfil pessoal, Nanda contou do sonho de visitar a região ao chegar a Zanskar, no norte indiano.

“Me lembro de quando, há uns anos atrás, enquanto viajava pela Turquia, pensávamos quando chegaríamos à Índia, colocávamos como uma ‘meta’. E, por fim, aqui estamos, 5 anos e 170 mil km depois”, escreveu. No país, visitaram diversas regiões.

Um dos próximos destinos do casal era a Austrália, sem data para chegar. Sobre a experiência desses mais de cinco anos, Nanda já descreveu da seguinte forma em uma postagem:

“Aos 22 anos, minha vida mudou. Sem nunca ter andado de moto, tirei carteira de motorista e escolhi esse estilo de vida. Deixei tudo para trás e, agora, com 28 anos, continuo pelo mundo sem conhecer o futuro, apenas com a certeza de que escolhi o caminho certo e com a pessoa certa.”

O ataque

Fernanda e Vicente foram atacados por um grupo de homens na noite de sexta-feira, enquanto acampavam em um descampado em Kunji, no estado de Jharkhand, no nordeste da Índia, onde pararam para pernoitar. O espanhol foi espancado e ameaçado com uma faca, enquanto a brasileira foi sexualmente violentada por cerca de sete pessoas.

Publicidade

Ambos também foram roubados. As vítimas conseguiram se comunicar com uma patrulha policial cerca de duas horas depois do ataque. Após, foram levadas a um hospital local. Eles estão temporariamente alocados em uma residência oficial do governo local, em Dumka.

Ao menos três suspeitos de participação no crime foram detidos no sábado, 2. A polícia local disse ter identificado todos os envolvidos e que está atrás dos demais.

“Durante o interrogatório, os arguidos confessaram sua participação (…) Os demais serão detidos em breve”, afirmou o superintendente da polícia local, Pitambar Singh Kherwar, durante coletiva de imprensa./COM INFORMAÇÕES DA EFE

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.