PUBLICIDADE

Britânico é condenado por fazer sexo com bicicleta

Robert Stewart foi visto por faxineiras do abrigo onde vivia, na Escócia.

Por BBC Brasil
Atualização:

O britânico Robert Stewart foi condenado a três anos de prisão em regime aberto depois de ser flagrado fazendo sexo com uma bicicleta no abrigo onde morava, em Ayr, na Escócia. Stewart, de 51 anos, admitiu ter agido de maneira inapropriada, simulado sexo e violado a paz com uma ofensa sexual e teve seu nome incluído no cadastro de pessoas condenadas por crimes sexuais - que inclui estupradores e pedófilos - por três anos. O britânico foi denunciado depois que as faxineiras do Aberley House Hostel, um abrigo do governo que acomoda pessoas que não têm onde viver, o flagraram com a bicicleta e pediram ao gerente que chamasse a polícia. "Elas bateram na porta do quarto diversas vezes e não houve resposta. Elas usaram a chave-mestra para abrir a porta e se depararam com o acusado vestindo apenas uma camiseta branca, nu da cintura para baixo", disse o promotor Gail Davidson ao tribunal. "O acusado estava mexendo os quadris para frente e para trás simulando sexo." Na hora da sentença, o juiz Colin Miller disse a Stewart: "Em quase quatro décadas trabalhando com a lei, eu achava que tinha visto todo tipo de perversão conhecido pela humanidade, mas essa é nova para mim. Eu nunca tinha ouvido falar de um 'tarado por bicicletas'". BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.