PUBLICIDADE

Comissão do Senado aprova recondução de Figueiredo na ANTT

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A Comissão de Infraestrutura do Senado aprovou nesta quarta-feira a recondução de Bernardo Figueiredo para o cargo de diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A indicação ainda precisa passar pelo plenário do Senado antes de ser confirmada pela presidente Dilma Rousseff. Durante a sabatina, Figueiredo foi criticado pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR), que declarou voto contrário à indicação. Requião questionou, por exemplo, o fato de Figueiredo já ter trabalhado para concessionárias do setor de ferrovias. Figueiredo também ouviu do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES)críticas ao projeto do trem-bala Campinas-São Paulo-Rio de Janeiro e às concessões de rodovias feitas sob modelo de menor tarifa, como das estradas Fernão Dias e Régis Bittencourt. o diretor-geral da ANTT admitiu que o processo de modelagem do plano de investimentos nessas rodovias -feito em gestão anterior à sua- teve falhas. "A ANTT licitou projetos com plano de investimento que não foi discutido com a sociedade", disse, afirmando que isso acabou fazendo com que novas necessidades de investimentos surgissem após o leilão, atrasando a execução de obras. Segundo ele, as licitações mais recentes, como a do trecho capixaba da BR-101, foram feitas após amplas consultas às populações afetadas, que apontaram a necessidade de investimentos que foram incorporados à cartilha de obrigações da concessionária. (Reportagem de Leonardo Goy)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.