Corpo de brasileiro desaparecido no Malavi é encontrado

Economista Gabriel Buchmann havia sumido no último dia 17 durante uma escalada no Monte Mulanje

PUBLICIDADE

Por Solange Spigliatti
Atualização:

O corpo do economista carioca Gabriel Buchmann, de 28 anos, desaparecido na África desde 17 de julho, foi encontrado nesta quarta-feira, 5, segundo confirmou a assessoria do Ministério das Relações Exteriores. Ele foi encontrado pela equipe de buscas de terra em um parque de Malavi, no Sul da África. Segundo o Itamarati, as buscas ao brasileiro contavam com voluntários contatados pela família do economista, por cerca de 20 pessoas ligadas ao Itamarati.

 

PUBLICIDADE

Buchmann foi visto pela última vez quando estava a cerca de 600 metro do cume do Monte Mulanje, que tem 3 mil metros de altitude. Estudioso da pobreza, ele fazia uma viagem pelo mundo antes de iniciar o doutorado em economia na Universidade da Califórnia. A volta dele para o Brasil estava prevista para o último dia 28.

 

O corpo será transportado por um helicóptero para uma base, provavelmente militar, onde será feita a autópsia para determinar a causa da morte do brasileiro. Ainda não há informações sobre a data do retorno ao País. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, a embaixada do Brasil no Zimbábue vai colaborar com a família através de informações sobre a logística do traslado do corpo para o Brasil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.