PUBLICIDADE

Demanda por bônus do Bradesco atinge US$5,4 bi--IFR

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A demanda pelos bônus que o Bradesco está oferecendo no exterior atingiu 5,4 bilhões de dólares em demanda nesta quinta-feira, segundo o IFR, serviço de informações financeiras da Thomson Reuters. Com isso, a orientação do emissor para taxa ao investidor caiu de 6 por cento para 5,875 por cento. O montante, inicialmente de pelo menos 500 milhões de dólares, passou para o teto de 1 bilhão de dólares. A captação com notas subordinadas de 10 anos será feita por meio da unidade do banco nas Ilhas Cayman e os papéis devem ser listados na Bolsa de Luxemburgo. A expectativa é de que a operação seja concluída ainda nesta quinta-feira. A transação é coordenada pelos bancos BB Securities, BNP Paribas, BofA Merill Lynch, Bradesco BBI, JPMorgan e Standard Chartered Bank. A emissão com dívida subordinada nível II recebeu nota "BBB" da Fitch. No mês passado, o Bradesco aproveitou uma janela criada com uma emissão bem-sucedida do governo brasileiro e levantou 750 milhões de dólares em notas seniores de 5 anos. (Por Aluisio Alves e Guillermo Parra-Bernal)

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.