Foto do(a) blog

Baixe e ouça as principais notícias e análises

Podcast: A retórica do ódio bolsonarista e seu papel nas eleições

PUBLICIDADE

Por Por Jefferson Perleberg
Atualização:

Nos últimos dias, integrantes da ala mais radical e à direita da gestão Bolsonaro têm protagonizado ataques contra críticos do governo. Além disso, membros da Secretaria Especial da Cultura estão sendo investigados sobre gastos de mais 39 mil reais em uma viagem para os Estados Unidos.

PUBLICIDADE

Por causa dessa situação, o titular da pasta, Mario Frias, teve sua viagem para Rússia, Hungria e Polônia cancelada. O escritor Paulo Coelho comemorou a notícia nas redes sociais, e foi chamado de "maconheiro" e "idiota" pelo secretário nacional de Fomento e Incentivo à Cultura da Secretaria Especial de Cultura, André Porciuncula:

Ao mesmo tempo, outro integrante do governo Bolsonaro resolveu dar as caras e proferir agressões no Twitter. A vítima foi o congolês Moïse Kabagambe, brutalmente assassinado em um quiosque no Rio de Janeiro, quando foi cobrar salários atrasados. O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, fez uma postagem em que diz que o jovem foi um "vagabundo morto por vagabundos mais fortes."

Como essas últimas declarações de membros do governo têm repercutido dentro do Palácio do Planalto e no mundo político? Que tipo de estratégia Bolsonaro vai adotar até as eleições? Conversamos sobre o assunto com o repórter do Estadão em Brasília, Vinícius Valfré. 

E que peso terá a extrema direita nas eleições? Vamos conversar com a antropóloga Isabela Kalil, professora da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo  e coordenadora do Observatório da Extrema Direita.

Publicidade

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel Bomfim

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Ana Paula Niederauer

Montagem: Moacir Biasi

 
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.