Foto do(a) blog

Baixe e ouça as principais notícias e análises

Sem 'timing': a ida de Bolsonaro à Rússia

PUBLICIDADE

Por Por Jefferson Perleberg
Atualização:

A visita do presidente Jair Bolsonaro à Rússia, prevista para a próxima semana, se dá num contexto de grande tensão diplomática e militar. Mais de 100 mil soldados russos estão  concentrados perto da fronteira com a Ucrânia e podem invadir o país a qualquer momento.

PUBLICIDADE

A crise envolve outros importantes atores na geopolítica global, como os Estados Unidos, a Otan e a China. O receio da presença do presidente brasileiro na Rússia é o impacto diplomático e econômico que a visita oficial possa causar.

Em entrevista ao podcast 'Estadão Notícias', o diplomata e ex-ministro Rubens Ricupero, afirma que a visita é inoportuna e sem relevância para a política internacional brasileira. "É um péssimo instante para uma visita presidencial a Moscou. Ela será mal interpretada pelo mundo inteiro, como apoio a um governo autoritário que desafia a paz mundial", declarou.

O conflito entre Rússia e Ucrânia se intensificou quando o governo russo anexou a península da Crimeia em 2014. O Kremlim quer que o Ocidente prometa que a Ucrânia não fará parte da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

A agenda de Bolsonaro na Rússia será curta e deverá incluir um encontro formal com Vladimir Putin, um evento empresarial e tentativas de manter aberto o fluxo de exportação de fertilizantes para o agronegócio brasileiro.

Publicidade

No Brasil, até ministros da chamada "ala política" do governo federal atuam nos bastidores para convencer o presidente a desistir ou adiar a visita para março, segundo apurou o Estadão

No episódio desta terça (07) do podcast, analisamos a viagem fora de hora de Bolsonaro com Rubens Ricupero, que foi embaixador do Brasil em Washington e subsecretário-geral da ONU. E para falar sobre a iminência de um conflito no Leste Europeu e o poderio militar envolvido, conversamos com o  repórter especial do Estadão, especialista em segurança, Roberto Godoy.

O Estadão Notícias está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Apresentação: Emanuel BomfimProdução/Edição: Jefferson Perleberg, Julia Corá e Ana Paula NiederauerMontagem: Moacir Biasi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.