PUBLICIDADE

Justiça do RJ concede habeas corpus a DJ Darke Mattos

Por Fabio Grellet
Atualização:

A Justiça do Rio concedeu nesta segunda-feira habeas corpus ao DJ Darke Mattos, de 30 anos. Famoso por se apresentar em casas noturnas da zona sul do Rio, como Fosfobox e 00, ele estava preso desde 13 de setembro, acusado de envolvimento com pedofilia.Mattos foi preso em flagrante quando policiais civis da Delegacia de Repressão de Crimes de Informática promoveram uma operação de busca e apreensão em sua casa, no Leblon (zona sul), e na rádio Ibiza, em Copacabana (na mesma região), onde ele atuava. Mattos foi detido na rádio com um pen drive que continha imagens pornográficas de crianças.O DJ foi denunciado pelo Ministério Público com base no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA): "Adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente". Se condenado, ele pode ser punido com prisão de 3 a 6 anos.Mattos estava detido no presídio de Bangu 8, na zona oeste do Rio, de onde poderia sair ainda nesta segunda-feira. Ao conceder o habeas corpus, o relator do processo, desembargador Sidney Rosa da Silva, afirmou que a liberdade do DJ não ameaça a continuidade das investigações.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.