PUBLICIDADE

Mau tempo impede volta ao Chile de náufragos de navio

Baixa visibilidade e ventos fortes impediram transporte do grupo de 154 pessoas.

Por BBC Brasil
Atualização:

O mau tempo impediu neste sábado o retorno ao Chile dos 154 passageiros e tripulantes do navio M/S Explorer, que naufragou na Antártida na sexta-feira de manhã. O grupo continua em bases militares chilenas e uruguaias, na ilha do Rei George, e aguarda uma melhora na visibilidade e uma diminuição da intensidade dos ventos para que o avião militar Hércules C-130 possa decolar rumo ao continente. O grupo foi resgatado em botes salva-vidas depois que o M/S Explorer se chocou contra um iceberg próximo às ilhas Shetland do Sul, no Oceano Atlântico, antes de naufragar. O plano original era transportar os náufragos na manhã deste sábado para a cidade de Punta Arenas, no sul do Chile. Um porta-voz da Força Aérea chilena disse à agência de notícias Reuters que as autoridades aguardam uma melhora nas condições meteorológicas para decolar. "Desde ontem, as condições estão muito ruins para este tipo de operação", disse, acrescentando que o tempo não deve melhorar ainda neste sábado. O porta-voz militar disse ainda que os passageiros estão "passando muito bem" e que alguns estão em contato com as suas famílias pela internet. A empresa GAP Adventures, proprietária do navio, informou que estavam a bordo 91 turistas de diversas nacionalidades, além de nove guias e 54 tripulantes. Os trabalhos de resgate foram coordenados pela guarda-costeira de Ushuaia, no sul da Argentina. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.