PUBLICIDADE

McLaren troca volante e pneus no carro de Hamilton em 3 segundos

Por ALAN BALDWIN
Atualização:

A McLaren, que pode se orgulhar das paradas mais rápidas nos boxes da F1, foi um passo adiante no Grande Prêmio da Índia deste domingo. A escuderia trocou os quatro pneus, e o volante, do carro de Lewis Hamilton em pouco mais de três segundos. O campeão mundial de 2008 estava com um problema de câmbio no início da corrida que o obrigava a mudar de marcha com a mão direita, ao invés da esquerda. A equipe decidiu trocar o volante, assim como os pneus, quando ele voltasse aos boxes. "Nunca tive que trocar um volante durante uma corrida", disse o britânico. "Só fizemos isso em um teste em Barcelona". "Tirei o volante antes mesmo de parar o carro e o atirei para fora. A equipe instalou um novo, engatei a primeira e fui. Tudo em pouco mais de três segundos cravados". Hamilton terminou a prova em quarto, o que o deixa em quinto lugar no campeonato, a 75 pontos atrás do líder Sebastian Vettel, da Red Bull, que venceu a corrida. A única maneira de Hamilton conquistar o título agora seria em um cenário quase impossível no qual Vettel não marcasse pontos depois de vencer quatro GPs consecutivos e o próprio Hamilton vencesse as três últimas provas do ano, contando ainda com outros resultados que o favorecessem. Mas Hamilton sabe que isso não vai acontecer, já tendo declarado que suas esperanças acabaram no GP anterior na Coreia do Sul. "Mesmo assim, adorei a corrida hoje", disse o piloto de 27 anos, que vai para a Mercedes no ano que vem. "Não me lembro da última vez em que me doei tanto e com tanta garra e por tanto tempo, no limite mesmo".

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.