PUBLICIDADE

Papa Francisco, de 87 anos, faz exames em hospital de Roma

Recentemente, o pontífice cancelou compromissos no Vaticano em razão de uma gripe, segundo o Vaticano, considerada leve

Foto do author Redação
Por Redação

O papa Francisco foi encaminhado ao Hospital Universitário Gemelli, em Roma, na Itália, na manhã desta quarta-feira, 28, para exames de check up. O pontífice já retornou ao Vaticano, segundo informou o gabinete dele.

Ainda pela manhã, durante leitura em sua audiência semanal, ele delegou a tarefa a um assessor dizendo aos que estavam presentes que ele ainda não estava bem. “Queridos irmãos e irmãs, ainda estou um pouco resfriado”, disse Francisco.

Papa Francisco durante a sua audiência semanal na Sala Paulo VI, no Vaticano.  Foto: Andrew Medichini/AP

PUBLICIDADE

O pontífice, de 87 anos, cancelou compromissos no sábado, 24, e na segunda-feira, 26, em razão de uma gripe, segundo o Vaticano, considerada leve. Ainda no sábado, a Santa Sé informou, sem maiores detalhes, que graças a “uma leve gripe, em via precaucional, o papa Francisco anulou as audiências previstas para o dia.

No domingo, 25, o papa se dirigiu aos fiéis na Praça de São Pedro, como de costume, para entregar a sua mensagem do Angelus.

Na semana passada, todos os compromissos do pontífice foram suspensos, inclusive a Audiência Geral, devido ao período de recolhimento e oração em função da quaresma, período do ano litúrgico que antecede a Páscoa.

O carro em que estava o papa Francisco deixou o Hospital Universitário Gemelli, em Roma, ainda nesta quarta-feira, 28. Foto: Andrew Medichini/AP

Ida cancelada para a COP-28 no ano passado

Em novembro de 2023, o papa cancelou a viagem que faria em dezembro a Dubai, onde participaria da Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP-28.

O pontífice estava com infecção pulmonar e gripe, por isso seus médicos pediram que cancelasse a viagem. Quando jovem, Francisco foi vítima de uma doença respiratória grave e teve de retirar parte de um dos pulmões.

Publicidade

Além disso, questões no joelho e no nervo ciático, por exemplo, fazem com que o pontífice se locomova de cadeira de rodas. /Agências internacionais

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.