PUBLICIDADE

Paraquedistas encantacaram a plateia do Anhembi

Por WLADIMIR D´ANDRADE
Atualização:

O grupo de paraquedistas Céu Azul coloriu o céu de São Paulo com fogos de artifício e três deles pousaram no sambódromo do Anhembi pouco antes do início oficial dos desfiles das escolas de samba da capital paulista. Com os fogos de artifício, os paraquedistas formaram no céu um coração de prata que, segundo o grupo, simboliza o amor que o paulistano tem pelo Carnaval. De acordo com o responsável pelo grupo, Paulo Zacarias, a dificuldade em saltar à noite está na perda de noção de profundidade por conta da baixa luminosidade e pela maior força das correntes de ar. "Não posso errar", por isso, segundo ele, é necessário muita experiência para fazer esse tipo de salto. Zacarias pula de paraquedas há 18 anos e detém o recorde brasileiro de números de saltos noturnos, tendo feito mais de mil. Os dois paraquedistas, mais um terceiro que filmou e fotografou toda a ação, caíram de uma altura de 1.200 metros e levaram cinco minutos para tocar o solo. De acordo com Zacarias, a condição do solo na hora do solo estava perfeita.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.