PUBLICIDADE

Piñera homenageia vítimas de tragédia em Santa Maria

Por Tania Monteiro
Atualização:

Na cerimônia de encerramento da reunião da Comunidade de Estados Latino Americanos e Caribenhos (CELAC) com a União Europeia, o presidente do Chile, Sebastián Piñera, abriu seu discurso pedindo aos chefes de Estado e de governo presentes que ficassem de pé e fizessem um minuto de silêncio em respeito às centenas de mortos na tragédia de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Durante a reunião fechada dos presidentes, realizada pouco antes, o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Antonio Patriota, informou que estava representando a presidente Dilma Rousseff, que havia deixado o país, seguindo direto para Santa Maria, no Rio Grande do Sul, para dar apoio às vitimas da tragédia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.