Polícia Federal apreende 68 fuzis e prende 4 pessoas em operação contra comércio ilegal de armas

Ao todo, 80 armas foram encontradas; entre os presos está um policial federal aposentado

PUBLICIDADE

Foto do author Marcio Dolzan
Por Marcio Dolzan

RIO - A Polícia Federal apreendeu um arsenal com 80 armas, entre as quais 68 fuzis, em uma operação para combater o comércio ilegal de armas de fogo em duas lojas de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A ação aconteceu na quarta-feira, 15, e resultou na prisão de quatro pessoas, incluindo um policial federal aposentado.

PUBLICIDADE

A operação contou com o auxílio técnico do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 1ª Região Militar do Exército. Foram apreendidos 68 fuzis, 12 revólveres de calibres restritos, 204 carregadores de fuzis e milhares de cápsulas de munição de diversos calibres, entre restritos e permitidos.

Batizada de Desarmada, a operação da PF visava a combater o comércio ilegal de armas nos dois estabelecimentos. Uma apuração inicial apontou para a venda nessas lojas, que tinham autorização suspensa.

Foram apreendidos 68 fuzis, 12 revólveres de calibres restritos, 204 carregadores de fuzis e milhares de cápsulas de munição de diversos calibres, entre restritos e permitidos Foto: Polícia Federal

Além do policial aposentado, outros três responsáveis e funcionários das lojas foram presos - eles não tiveram os nomes revelados. Os quatro poderão responder pelos crimes de comércio ilegal de armas de fogo, munição e acessório, posse ilegal de armas de uso restrito, e posse ilegal de armas uso permitido. Somadas, as penas máximas podem chegar a 21 anos de prisão, além de multa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.