PUBLICIDADE

Testemunha teria visto Madeleine em carro, diz detetive

Segundo relato, menina foi vista dois dias após desaparecimento; detetive diz estar próximo de seqüestradores

Por BBC Brasil
Atualização:

Um detetive que investiga o desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann diz ter encontrado uma testemunha que teria visto a menina em um carro em Portugal, dois dias depois de ela ter sumido de um quarto de hotel, em maio. Veja também: Falhas no caso Madeleine Cronologia  Segundo o detetive particular espanhol Francisco Marco, a testemunha afirmou ter visto a menina na região norte da praia da Luz, em Portugal, balneário de onde ela desapareceu no dia 3 de maio. O detetive é da agência Método 3, contratada pelos pais da menina para investigar o caso. Ele disse à BBC que a testemunha viu a menina em um carro, numa rua pequena, sendo entregue para outra pessoa. Segundo ele, o relato é confiável. "Nós estamos muito perto. Eu não estou dizendo talvez. Nós estamos muito perto de encontrar os seqüestradores", afirmou Francisco Marco à BBC. O detetive afirmou ainda que um relatório foi entregue à polícia portuguesa, mas as leis do país não permitem que o documento se torne público. O caso Madeleine, que tem obtido grande destaque na mídia internacional, é o assunto de um aguardado documentário que será transmitido nesta segunda-feira no Reino Unido marcando os 200 dias do desaparecimento da menina. No documentário, um especial do programa jornalístico Panorama, da rede de TV britânica BBC, vai mostrar um vídeo filmado em agosto pelo amigo da família Joe Corner. No filme, os pais da menina afirmam terem sido vigiados por um 'predador' no dia do desaparecimento de Madeleine. No vídeo, a mãe da menina, Kate McCann, fala da pressão exercida pela campanha para encontrar a filha e se diz arrependida de ter deixado os filhos sozinhos no apartamento do hotel. O programa traz ainda uma entrevista exclusiva com Jane Tanner, amiga da família. Ela estava jantando com os pais de Madeleine no dia do desaparecimento. Na entrevista, ela disse à BBC que viu um homem carregando uma criança na Praia da Luz. O vídeo mostra também imagens dos pais da menina fazendo pôsteres com a foto de Madeleine, alertando sobre o desaparecimento. Para a mãe da menina, "não há uma apostila sobre o que fazer quando sua filha é seqüestrada", afirma. "Nós estamos fazendo o que achamos melhor". BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.