PUBLICIDADE

Virose será tratada como dengue, ordena governo do CE

Por CARMEN POMPEU)
Atualização:

O secretário de Saúde do Ceará, João Ananias, determinou hoje que todos os casos com sintomas de virose passem a ser tratados como dengue. A ordem foi encaminhada para todas as secretarias municipais de saúde por meio de uma nota técnica. No comunicado, Ananias também determinou a mudança no horário de funcionamento do Laboratório Central (Lacen), em Fortaleza, que será estendido aos sábados. A ordem foi dada para apressar a confirmação dos registros da doença. Preocupado com o avanço da dengue e temendo ocorrer no Ceará a mesma situação de emergência vivida no Rio, Ananias também anunciou que reforçará a capacitação de pediatras para atender crianças. De acordo com boletim da Secretaria Estadual de Saúde divulgado hoje, 4.600 casos do tipo clássico foram confirmados este ano no Ceará. O Lacen também confirmou 68 casos do tipo hemorrágico e investiga mais 73. A maioria dos registros do tipo mais grave da doença é verificada em Fortaleza, onde sete mortes continuam em investigação. Até agora, apenas uma morte por dengue foi confirmada no Estado. Foi em Itapipoca. Nesta semana, outras duas pessoas morreram com os sintomas da doença.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.