PUBLICIDADE

Barbra Streisand lança autobiografia em novembro

Livro que atriz e cantora escreve há décadas deverá ter 1.040 páginas

Foto do author Redação
Por Redação

O muito aguardado livro de memórias de Barbra Streisand, projeto sobre o qual ela fala há anos, será lançado no segundo semestre. Viking, um selo da Penguin Random House, lançará My Name is Barbra em 7 de novembro.

A autobiografia, adequada para uma superestrela das maiores ambições, está prevista para ter 1.040 páginas.

Capa do livro 'My Name is Barbra', de Barbra Streisand Foto: Viking/AP

“O livro é, como a própria Barbra, franco, engraçado, opinativo e encantador”, segundo a editora, em comunicado. “Ela relata suas primeiras lutas para se tornar atriz, eventualmente voltando-se para o canto para ganhar a vida; a gravação de alguns de seus aclamados álbuns; os anos de esforço envolvidos na produção de Yentl; sua direção de O Príncipe das Marés; suas amizades com figuras que vão de Marlon Brando a Madeleine Albright; sua defesa política; e a realização que ela encontrou em seu casamento com James Brolin.”

My Name Is Barbra também é o título de um álbum de Streisand de 1965 e um especial de televisão.

Os editores esperam por um livro de memórias de Streisand há décadas - a cantora contou ao apresentador Jimmy Fallon, em 2021, que Jacqueline Kennedy Onassis pediu para ela escrever sobre sua história já no início dos anos 1980, quando a ex-primeira-dama era editora da Doubleday. Durante uma entrevista à Associated Press em 2009, Streisand mencionou que estava escrevendo capítulos sobre sua vida, à mão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.