PUBLICIDADE

Bruce Willis teve mais dias ruins do que bons nos últimos dois meses, diz site

Ator foi diagnosticado com demência frontotemporal (DFT) em 2022. Familiares ‘estão muito conscientes de que qualquer dia pode ser o último’, segundo fontes ouvidas pelo US Weekly

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O estado de saúde de Bruce Willis, diagnosticado com demência frontotemporal (DFT) em 2022, se agravou nos últimos dois meses. Segundo fontes ouvidas pelo site US Weekly nesta quarta-feira, 6, os familiares do artista se uniram para aproveitar cada momento que passam ao lado do ator.

PUBLICIDADE

A família sempre publica registros com o ator e fala abertamente sobre a importância da conscientização da DFT, que não tem cura. Em uma foto compartilhada por Emma Heming, mulher do artista, no Dia de Ação de Graças, ele apareceu ao lado das cinco filhas, dos dois genros e da ex-mulher, Demi Moore.

Conforme as fontes do US Weekly, o diagnóstico de Bruce aproximou todos eles. “Bruce tem dias bons e dias ruins, mas, nos últimos dois meses, houve muito mais dias ruins do que bons. [...] Ninguém sabe quanto tempo resta para Bruce, então eles estão aproveitando cada momento que passam com ele”, disse uma delas.

Família de Bruce Willis aproveita 'cada momento' ao lado do ator. Foto: @demimoore via Instagram

Outra pessoa ouvida pelo site descreveu que os familiares se esforçam para “manter intacta a memória da família e estar presente como um lembrete constante [de que] o amam”. Segundo o site, “tudo gira em torno de Bruce” e o ator, mesmo que tenha profissionais que o acompanhem 24h por dia, sempre está com um dos membros da família.

O vínculo mais forte se dá entre o artista e as filhas. Conforme o portal, elas “estão muito conscientes de que qualquer dia pode ser o último”. Uma das fontes acrescenta que o tratamento que o ator recebe é “impecável” e que ele “permanece presente quando está mentalmente e fisicamente capaz”.

Durante as festas de final de ano, a família aproveita para passar um tempo ainda maior ao lado de Bruce, mostrando fotos de infância e objetos nostálgicos. “Quando Bruce está perto das filhas, às vezes pode ser fácil esquecer que há algo errado com ele. Os sorrisos, caretas e risadas são fáceis. Ele brinca com seu jeito de ‘pai engraçado’. Há uma parte dele que sempre será uma criança no coração”, conta uma das fontes.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.