PUBLICIDADE

Eleanor Coppola, mulher de Francis Ford Coppola, morre aos 87 anos

A diretora ganhou um Emmy pela direção de um documentário que contou os bastidores das filmagens de ‘Apocalypse Now’

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A documentarista e escritora americana Eleanor Coppola, mulher do cineasta Francis Ford Coppola, morreu nesta sexta-feira, 12, aos 87 anos, em sua casa, na Califórnia.

A morte de Eleanor foi confirmada pela família em um comunicado enviado à agência de notícias Associated Press. O texto não traz informações sobre a causa da morte da cineasta.

A diretora Eleanor "Ellie" Jessie Coppola Foto: Chad Keig/AP

Eleanor fez carreira no cinema trabalhando como diretora de fotografia e diretora de curtas-metragens documentais. Ganhou o Emmy ao narrar em seu documentário O Apocalipse de um Cineasta, de 1991, o desgastante processo de filmagem de Apocalypse Now, filme sobre a Guerra do Vietnã lançado por Francis Ford Coppola em 1979.

Nascida em Los Angeles, Eleanor se formou em design aplicado. Em 1963, quando atuou como assistente de direção de arte no filme de terror Demência 13, de Roger Corman, ela conheceu Francis Ford Coppola, que assinava o roteiro. O casamento dos dois ocorreu naquele mesmo ano. O casal teve três filhos, Gian-Carlo, que morreu em 1986, aos 22 anos, a diretora Sofia Coppola e o escritor e produtor Roman Coppola.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.