PUBLICIDADE

Popkomm começa hoje e Brasil é tema

É a primeira vez que uma nação não européia é convidada para ser tema da 18.ª edição da feira mundial da música

Por Agencia Estado
Atualização:

O Brasil é o país tema da Popkomm 2006, que ocorre a partir desta segunda-feira até sexta-feira, em Berlim, na Alemanha. É a primeira vez que uma nação não européia é convidada para ser tema da 18.ª edição da feira mundial da música. Entre os convidados estão Yamandú Costa, Naná Vasconcelos, Fabiana Cozza, Wado e Mawaca. Sob o slogan "Música do Brasil", mais de 40 empresas fonográficas brasileiras e mais de 100 artistas de 15 estados do País estarão presentes na Popkomm. O Brasil apresentará na feira "sua diversidade musical", como explicou Erlon José Paschoal, coordenador do projeto "Copa da Cultura" do Ministério da Cultura. Ele acredita que o país poderá conseguir com a música o que não alcançou com o futebol: ser campeão mundial na Alemanha. "Para o Brasil, estar na Popkomm tem uma importância estratégica, já que para nós a música é uma das áreas culturais mais importantes, pois produzimos muito e com qualidade", explicou Paschoal. "Através da música, podemos abrir portas no mundo para mostrar nossos produtos culturais", acrescentou o coordenador da "Copa da Cultura". Paschoal assegurou que a música brasileira tem potencial para desenvolvimento econômico. "Ela é nossa grande criação", afirmou. Segundo ele, o fato de ter um músico como Gilberto Gil no ministério da Cultura também ajuda a promoção da música brasileira no exterior, já que é "um grande artista e tem visões de futuro que poucos administradores têm".

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.