PUBLICIDADE

Viúva de Johnny Ramone processa Netflix para impedir cinebiografia

Pete Davidson interpretará o vocalista dos Ramones no filme ‘I Slept With Joey Ramone’

Foto do author Maria Fernanda Viana
Por Maria Fernanda Viana

Linda Ramone, viúva de Johnny Ramone, entrou com um processo para impedir que a cinebiografia I Slept With Joey Ramone, da Netflix, seja produzida. O ator Pete Davidson está escalado para interpretar o vocalista da banda de punk Ramones.

Johnny Ramone, guitarrista dos Ramones Foto: Reprodução | Instagram @johnnyramone

PUBLICIDADE

De acordo com a Billboard, o processo não está sendo movido contra a o serviço de streaming, mas sim contra o irmão de Joey Ramone, Mickey Leigh, autor do livro que inspira o filme. “Deixar que Mickey Leigh seja responsável por contar, sozinho, a história dos Ramones, seria uma injustiça ao grupo e ao seu legado”, justifica o processo.

Desde o início os anos 2000, quando Mickey e Linda se tornaram administradores dos legados de Johnny e Joey, respectivamente, os dois se envolvem em conflitos. Mickey moveu um processo contra Linda em 2018, alegando que a viúva estava “utilizando o nome dos Ramones inapropriadamente em diversos projetos”.

Na ocasião, o juiz favoreceu Mickey, mas criticou as batalhas judiciais entre os dois: “Eles deixam que seus egos se sobreponham às suas obrigações”, explicou.

Linda Ramone alega que mesmo que a cinebiografia seja focada na historia de Mickey e Joey, o filme não deve ser produzido sem a sua autorização, já que I Slept With Joey Ramone também aborda a convivência entre o vocalista e o guitarrista da banda punk.

Os advogados de Linda acusam a produção do filme de procurar maneiras de criar o longa metragem sem precisar da aprovação da viúva, incluindo a possibilidade de regravar clássicos dos Ramones para serem usados na cinebiografia.

O filme ainda está em estágio inicial de desenvolvimento pela Netflix.

Publicidade

* Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.