'Glee': melodias e tragédias da série que já acabou, mas ainda rende episódios sombrios

Podcast Episódio comenta o grande sucesso e os fantasmas que assombram a série de Ryan Murphy; Atriz Pathy Dejesus indica documentário sobre Michael Jordan

PUBLICIDADE

Foto do author Simião  Castro
Por Clara Rellstab , Leandro Nunes e Simião Castro
Atualização:

Com certeza, o Episódio mais musical da temporada. Grande fenônemo, a série Glee também é assombradada por muitas tragédias. A criação de Ryan Murphy é a protagonista desta quarta-feira, 22.

Exibida pela primeira vez em maio de 2009 e com dez anos de lançamento, a produção deixou cenas e episódios marcantes. Na trama, o espectador segue o dia a dia do coral New Directions. Liderado pelo professor Will Schuester (Matthew Morrison), o Club Glee dá um show. Para comentar as seis temporadas da produção, o Episódio recebe o jornalista e fã, João Ker.

Podcast 'Episódio' comenta o grande sucesso, e os desfechos sombrios que assombram a série de Ryan Murphy Foto: NETFLIX

PUBLICIDADE

Nesta edição, Clara Rellstab, Leandro Nunes e Simião Castro lembram cenas e momentos mais marcantes, como o nascimento do filho de Quinn, ao som de Bohemian Rhapsody, o especial dedicado à cantora Britney Spears - com direito à participação da estrela - e o recorde: na época, o episódio foi visto por mais de 13 milhões de norte-americanos.

Antes de Britney, Madonna também é homenageada, com uma rara apresentação musical de Sue Sylvester (Jane Lynch). Ao longo das seis temporadas, participaram artistas como Neil Patrick Harris, Gwyneth Paltrow e Ricky Martin.

Mas Glee não é só divertimento. O elenco está cercado de desfechos sinistros. Nas últimas semanas, os fãs estavam apreensivos com o desaparecimento da atriz Naya Rivera (Santana) em um lago na California. Na segunda, 13, o corpo dela foi encontrado, no mesmo dia em que se completavam sete anos da morte de um colega de elenco, o ator Cory Monteith (Finn). Em 2013, ele morreu por overdose de drogas.

O corpo da artista desapareceu naquarta, 8,depois de a atriz fazer um passeio de barco, na Califórnia Foto: Kevork Djansezian/ Reuters

Em 2018, Mark Salling, que interpretou Noah Puckerman, morreu em um aparente suicídio após ser considerado culpado por posse de pornografia infantil. Tinha 35 anos.

Vi e Recomendo

Publicidade

Nesta edição, o Episódio recebe a atriz, apresentadora, modelo e DJ, Pathy Dejesus, uma das estrelas da série Coisa Mais Linda, e que interpreta a personagem Adélia. Ela indica o documentário Arremesso Final, sobre o ex-ogador de basquete Michael Jordan.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.