‘Os Simpsons’: Morre personagem que estava há 35 anos na animação

Cliente frequente da Taverna do Moe, Larry era um personagem presente em ‘Os Simpsons’ desde a primeira temporada do desenho do canal Fox

PUBLICIDADE

Foto do author Flávio Pinto
Por Flávio Pinto

É o fim de uma era para Os Simpsons. Embora a animação criada por Matt Groening ainda esteja longe de dizer adeus, nesta semana, a produção se despediu de um dos primeiros personagens secundários a aparecer na série do canal FOX: Larry Dalrymple.

Larry Dalrymple (ou Larry Barfly), personagem de 'Os Simpsons' que morreu na 35ª temporada, era um dos clientes da Taverna do Moe, famoso bar da animação de comédia Foto: Reprodução de vídeo/Fox (Montagem)

PUBLICIDADE

No 15º episódio da 35ª temporada, “Cremains of the Day” (título que faz paródia com Remains of the Day, filme estrelado por Anthony Hopkins que chegou ao Brasil como Vestígios do Dia), exibido no último domingo, 21, nos Estados Unidos, Larry morre repentinamente na Taverna do Moe. Com isso, Homer, Moe, Carl e Lenny comparecem ao seu funeral para homenagear o amigo.

Contudo, o incidente leva Homer a questionar se ele e seus amigos são pessoas ruins, pois percebem que sabiam muito pouco sobre o companheiro, apesar de passarem tanto tempo com ele. A culpa do grupo só aumenta quando, no funeral, a mãe de Larry afirma que seu filho costumava falar frequentemente de seus “melhores amigos” da Taverna do Moe.

O episódio também revela o sobrenome do personagem, Delrymple.

No episódio 'Cremains of the Day' (imagem), as consequências da morte de Larry são exploradas, enquanto Homer e a turma do Moe's lidam com os mistérios da vida de seu falecido amigo Foto: Divulgação/Fox

Embora fosse um personagem secundário, Larry era um “figurante” presente na série animada desde a primeira temporada, o que o tornava um dos principais rostos do ambiente da Taverna do Moe entre os fãs.

Outras mortes em ‘Os Simpsons’

Durante a longa trajetória da animação, muitos personagens encontraram seu fim - alguns de forma trágica, outros de maneira mais natural. No entanto, as razões para suas saídas variam.

Edna Krabappel, professora de Bart em 'Os Simpsons' Foto: Divulgação/Fox

A professora Edna Krabbapel, por exemplo, faleceu na 32ª temporada, em 2021. Sua morte está diretamente ligada à de sua dubladora, Marcia Wallace, que morreu em 2013. No entanto, a morte da personagem foi adiada, pois os criadores da série sentiram que ela merecia uma despedida adequada – e pensada.

Publicidade

Outro exemplo é o de Mona Simpson, mãe de Homer, que se despediu da série na 19ª temporada, em 2008. Segundo os criadores, era necessário encerrar as participações do personagem dublado pela atriz Glenn Close para dar a Homer um senso de “fechamento”, já que as tramas envolvendo a mãe e o filho giravam em torno de abandono parental - Homer foi abandonado pela mãe ainda criança.

No Brasil, o Star+ conta com 34 temporadas de Os Simpsons no catálogo - o atual ano, o 35º, ainda não conta com previsão de chegar à plataforma.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.