Publicidade

Ações da Tupperware caem 48% após empresa admitir possibilidade de falir

Empresa quase triplicou na pandemia com alta nas vendas de utensílios de cozinha, mas enfrenta dificuldades desde então e busca solução para dívidas de quase US$ 700 milhões

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

As ações da empresa de recipientes de cozinha Tupperware caíram 48% nesta segunda-feira, 10, depois que a companhia afirmou ter contratado consultores financeiros “para melhorar sua estrutura de capital e remediar suas dúvidas sobre sua capacidade de continuar operando”.

PUBLICIDADE

A Tupperware quase triplicou de tamanho em 2020, durante o primeiro ano da pandemia, graças ao impulso nas vendas de utensílios de cozinha no período. Mas, desde então, vem passando por dificuldades.

Em novembro do ano passado, a empresa afirmou estar preocupada com seu futuro e divulgou resultados considerados decepcionantes, o que levou as ações da empresa a caírem. Agora, com a contratação de consultores, os investidores ficaram ainda mais assustados.

A Tupperware está trabalhando com a Moelis & Co. e a Kirkland & Ellis na busca de alternativas para duas dívidas de quase US$ 700 milhões, segundo informações da Bloomberg.

A Tupperware contratou consultores para solucionar dívidas de quase US$ 700 milhões Foto: Scott Olson/Getty Images/AFP

A empresa tenta melhorar sua posição de liquidez e, para isso, adotou medidas que incluem discussões com potenciais investidores ou parceiros de financiamento. Também analisa seu portfólio imobiliário em busca de oportunidades para ter mais caixa disponível.

A Tupperware enfrenta ainda dificuldades por possíveis violações de cláusulas de linhas de crédito e tem restrições de caixa devido a custos de juros mais altos e ao cronograma de ações de reengenharia./Com a Bloomberg

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.