EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Bastidores do mundo dos negócios

BYD segura entrega de carro elétrico esnobado por técnico do Palmeiras

Abel Ferreira foi premiado com o veículo por ser considerado o melhor técnico do Paulistão

PUBLICIDADE

Foto do author Eduardo Laguna
Por Eduardo Laguna (Broadcast)
Depois de saber do prêmio, Abel Ferreira (centro) disse que não gosta de carro elétrico Foto: Rebeca Reis/Ag. Paulistão

A esnobada do técnico Abel Ferreira ao carro elétrico da BYD na premiação do Campeonato Paulista não foi bem digerida pela montadora. Duas semanas após a final do Paulistão, na qual o Palmeiras conquistou o tricampeonato ao vencer o Santos, o carro ainda não chegou à garagem do treinador português.

PUBLICIDADE

A marca chinesa já considerou sortear o veículo entre torcedores palmeirenses, mas desistiu porque a ação envolveria custos e burocracia. Agora, avalia entregar o carro a um torcedor do Palmeiras, ainda não escolhido.

“Não sei se posso dizer isso: não gosto de carro elétrico. Ainda vou ver o que vou fazer com isso”, disse Abel em entrevista ao apresentador Neto, da Band, que movimentou as redes sociais e levou a BYD a publicar um vídeo com alfinetadas no treinador multicampeão pelo Palmeiras.

Fala foi desrespeitosa, diz conselheiro da empresa

Ao Broadcast, o conselheiro especial da BYD no Brasil, Alexandre Baldy, classificou a fala como desrespeitosa com a ação. “Ele foi o técnico escolhido para receber aquele prêmio. Não é o Abel, é o melhor técnico do Paulistão, dentro ali dos critérios e tudo mais [da premiação]. Isso para o esporte é ruim, para o futebol é ruim, para o Campeonato Paulista é ruim.”

Procurada, a assessoria de Abel respondeu que o técnico não recebeu o carro ainda porque a BYD pediu para adiar a entrega. A montadora considera entregar a Abel um carro híbrido, ao invés de elétrico.

Publicidade


Este texto foi publicado no Broadcast no dia 22/04/24, às 13h46

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.