PUBLICIDADE

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Bastidores do mundo dos negócios

Empresários criam plataforma para facilitar negócios em saneamento básico

Foto do author Cynthia Decloedt
Por Cynthia Decloedt (Broadcast)
Atualização:
Empresa acaba de assumir bloco arrematado no leilão da Cedae  Foto: Wilton Júnior/Estadão

Com as oportunidades criadas pela revisão do marco legal do saneamento no ano passado, três empresários com passagens pelo setor, nas áreas pública e privada, lançaram uma plataforma para integrar soluções e promover parcerias em saneamento. A proposta da Cristalina, nome da nova empresa, é atuar como prestadora de serviços, assessorando investidores financeiros e operações de saneamento em concessões e Parcerias Público Privadas (PPPs).

PUBLICIDADE

Yves Besse, presidente da Cristalina, foi CAB Ambiental (atual Iguá) e presidente da Associação Brasileira dos Concessionários Privados dos Serviços Públicos de Água e Esgoto (Abcon); Paulo Uebel, vice-presidente, atuou como secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia entre 2019 e 2020; e Daniela Pinho, diretora-executiva, também esteve na CAB Ambiental. Diante das necessidades do País, este é um mercado tem potencial de movimentar R$ 700 bilhões para universalização de água e esgoto, até 2033.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 24/09/2021 às 17h18.

Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse

Publicidade

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.