EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Bastidores do mundo dos negócios

Ex-secretário do Tesouro Paulo Valle vai assumir a diretoria-geral da asset do IRB-RE

Braço de investimentos do IRB BrasilI-RE, IRB Asset Management tem R$ 7,5 bilhões sob gestão

PUBLICIDADE

Por Simone Cavalcanti
Atualização:
O economista foi secretário do Tesouro Nacional no governo Bolsonaro e ocupou a subsecretaria da Dívida Pública do Tesouro de 2006 a 2015, nas gestões Lula e Dilma Foto: DIDA SAMPAIO/ ESTADAO CONTEUDO

Paulo Valle, que foi secretário do Tesouro Nacional de 2021 a 2022, será o novo diretor-geral da asset do IRB-RE a partir de julho, segundo apurou o Broadcast. Ele fez parte do conselho fiscal da empresa de resseguros entre abril de 2022 e o mesmo mês deste ano. A IRB Asset Management foi criada em 2018 como braço de investimentos do IRB Brasil RE e possui R$ 7,5 bilhões sob gestão.

Valle encerra carreira no Tesouro, onde entrou em 1996

PUBLICIDADE

Valle encerra a carreira que fez no Tesouro Nacional onde entrou como auditor Federal de Finanças e Controle em 1996. Entre as várias funções até chegar ao comando da instituição, foi subsecretário da Dívida Pública do Tesouro Nacional de 2006 a 2015, tendo sido responsável pela administração das dívidas interna e externa da União e pelo relacionamento com investidores e agências de rating. Também exerceu o cargo de coordenador-geral de Operações da Dívida Pública de 1999 a 2006, tendo liderado a implantação do programa Tesouro Direto.

Já foi presidente da Brasilprev de dezembro de 2015 a março de 2018. Tem MBA em Finanças pelo IBMEC e extensão em Economia pela George Washington University - The Theory and Operation of a Modern National Economy.

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 27/06/23, às 10h03.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Publicidade

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.