COP28: Governo Biden declara apoio a plano brasileiro de transformação ecológica

Com parceria, país norte-americano irá cooperar na implementação do plano e na geração de um fluxo de recursos para execução

PUBLICIDADE

Por Karla Spotorno (Broadcast)
Atualização:

ENVIADA ESPECIAL A DUBAI - O governo dos Estados Unidos declarou apoio ao Plano de Transformação Ecológica (PTE) do Brasil e a intenção de trabalhar conjuntamente com o País na pauta da mudança climática.

PUBLICIDADE

Um comunicado oficial conjunto do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e do enviado do presidente Joe Biden para questões de clima, John Kerry, informa que serão criados grupos de trabalho com a primeira reunião programada para fevereiro do ano que vem, antes da Reunião Ministerial das Finanças do G20.

Haddad e Kerry se encontram logo mais (às 13h, horário em Dubai) no pavilhão brasileiro na 28ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP28), que ocorre em Dubai (Emirados Árabes Unidos).

Com parceria entre Brasil e os EUA em novo plano ecológico, reuniões começam a partir de fevereiro de 2024 para dar início as ações. Foto: EFE/EPA/ALI HAIDER

O comunicado informa que o plano dos dois governos é trabalhar conjuntamente na implementação do PTE e gerar um fluxo de recursos privados, filantrópicos e governamentais para o plano brasileiro. O texto também informa a disposição de articular iniciativas na área de tecnologia, inclusive em inteligência artificial, para acelerar, por exemplo, a “implementação de sistemas de monitoramento florestal”.

Haddad e Kerry reconhecem que a corporação americana International Development Finance Corporation’s (DFC) têm objetivos comuns com as prioridades de investimento do Brasil. O comunicado menciona ainda outros esforços bilaterais, como, por exemplo, o Climate Change Working Group, relançado por Biden e Lula em fevereiro deste ano.

*A repórter viajou a convite do Instituto Clima e Sociedade