Publicidade

Dado dos EUA e commodities fazem Bovespa avançar 2,8%

Por ALUÍSIO ALVES
Atualização:

Entusiasmado com um indicador do setor imobiliário dos Estados Unidos que veio acima das expectativas, o investidor do mercado de ações foi às compras e levou a Bovespa para cima nesta terça-feira. O Ibovespa, índice mais importante da bolsa paulista, subiu 2,79 por cento, para 39.746 pontos. O giro financeiro da sessão somou 3,4 bilhões de reais. As compras predominaram mesmo com a rotina de empresas contabilizando os efeitos devastadores da crise global. Motorola, Hitachi e Dow Chemical divulgaram prejuízos maiores que o esperado no último trimestre de 2008. Além disso, grandes montadoras dos EUA reportaram nova derrocada nas vendas de veículos em janeiro, levando os números do setor para as mínimas em 27 anos. Enquanto isso, o setor financeiro afundava, em meio a temores de que Citigroup e Bank of America sejam nacionalizados. No plano doméstico, a notícia do dia foi que a produção industrial desabou 12,4 por cento em dezembro em relação ao mês anterior, a maior queda mensal da série histórica. Mas, depois de três sessões seguidas de perdas nos mercados acionários, os olhos dos investidores se voltaram mais para as notícias positivas. No setor corporativo, Merck e Vodafone divulgaram resultados acima das expectativas. A maior fonte de otimismo veio do anúncio de uma alta inesperada nas vendas pendentes de moradias nos EUA em dezembro, a primeira em quatro meses. "Embora o dado não seja dos mais importantes, alguns investidores podem ter enxergado que a economia americana está saindo do pior da crise", disse Hamilton Moreira, analista senior da BB Investimentos. À tarde, sinais de que o pacote de estímulo econômico do presidente dos EUA, Barack Obama, está avançando entre congressistas deu fôlego adicional a Wall Street. MATÉRIAS-PRIMAS Em outra frente, os preços de matérias-primas tiveram um dia de recuperação, sob liderança do barril do petróleo, depois de uma fonte da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) ter dito à Reuters que o grupo pode anunciar mais um corte de produção se os preços da commodity seguirem em baixa. O movimento ajudou a levantar as blue chips da Bovespa. Vale avançou 4,5 por cento, para 29 reais, enquanto Petrobras subiu 3,6 por cento, para 25,58 reais. Para completar, o setor de construção civil deu um salto depois de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter anunciado que o governo vai lançar em breve um programa nacional de habitação para construir 500 mil casas populares. Na ponta de cima do Ibovespa, Cyrela decolou 10,05 por cento, para 10,40 reais. Logo atrás, Gafisa teve alta de 9,4 por cento, cotada a 13,20 reais, seguida por Rossi Residencial, com elevação de 6,5 por cento, negociada a 4,79 reais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.