PUBLICIDADE

Publicidade

Madonna aceita ‘desafio’ do Itaú e cria do zero comercial da campanha de 100 anos do banco

Novo filme, que aborda as transformações culturais e digitais dos últimos anos, estreia na televisão na quinta-feira, 22

Foto do author Matheus Piovesana
Por Matheus Piovesana (Broadcast)

O Itaú Unibanco “entregou” à cantora americana Madonna a criação do novo comercial da campanha que comemora os 100 anos do banco, que serão completados em setembro. O novo filme estreia na televisão na quinta-feira, 22, e é o primeiro em que o Itaú permitiu que um artista criasse do zero uma peça publicitária para o conglomerado.

PUBLICIDADE

A cantora escolheu os detalhes e também o diretor do filme: Jonas Åkerlund, que dirigiu clipes como da música Ray of Light, de 1998. No comercial, Madonna afirma que a sua carreira é atemporal, em linha com o mote da campanha do Itaú, que olha para o futuro para destacar tanto o centenário do banco quanto a transformação cultural e digital pela qual passou nos últimos anos, que foram de aumento na concorrência do setor.

“Acho que a coisa mais controversa que já fiz foi permanecer. Vi muitas estrelas aparecerem e desaparecerem, como estrelas cadentes. Mas minha luz nunca se apagará. Nem todos estão vindo para o futuro. Mas eu estou”, diz Madonna no comercial.

A cantora Madonna, durante a criação da nova propaganda do Itaú Foto: Divulgação/Itaú

“Foi a primeira vez que o Itaú abriu mão de signos muito característicos da marca, e fizemos isso para ser fiéis ao conteúdo dela”, afirma em nota a superintendente de Marketing do banco, Thaiza Akemi. “Ela continua sendo uma pioneira em sua arte, seu propósito e sua vida. Este é o aspecto que se relaciona com a trajetória do Itaú.”

A campanha do Itaú estreou em dezembro do ano passado, em um primeiro comercial em que Madonna esteve ao lado de nomes como Fernanda Montenegro, Jorge Ben Jor e os jogadores de futebol Ronaldo e Marta. Cada um deles “ganhou” um filme próprio desde então.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.