Minas Gerais paga contrato de R$ 24 milhões de carros da GM

Montadora havia conseguido liminar na Justiça que exigia a devolução dos veículos

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O governo de Minas Gerais teria quitado o contrato de R$ 24 milhões com a montadora General Motors relativo à compra de 323 carros que foram entregues entre abril e maio deste ano, afirmou uma fonte com conhecimento do assunto ao Estado. Há cerca de duas semanas, a montadora havia conseguido liminar na Justiça que exigia a devolução dos veículos. Com a quitação, a questão agora deve ser encerrada.

Segundo apurou o Estado com fonte próxima ao assunto, a ação judicial foi uma forma de pressionar pelo pagamento. Além disso, foi uma maneira que a companhia americana encontrou de não cair nas dívidas pagas por precatórios, o que pode significar cerca de uma década de espera para receber, em meio ao caos financeiro do governo mineiro.

Veículos foram entregues pouco antes do início da campanha de Pimentel. Foto: MANOEL MARQUES/ IMPRENSA MG

PUBLICIDADE

Conforme apurou a reportagem, os carros do modelo Spin são veículos de passeio e eram usados para transporte de servidores e cidadãos. Os veículos foram entregues pouco antes do início da campanha do governador Fernando Pimentel (PT) à reeleição. A renovação da frota estadual foi tema de propagandas de rádio e TV do candidato.

O pagamento também evitou um prejuízo à GM. Isso porque, caso recebesse os carros de volta, a estratégia provavelmente seria revendê-los rapidamente, por um valor bem abaixo do cobrado por automóveis novos.

Procurado, o governo de Minas Gerais não respondeu os contatos da reportagem. A GM não quis comentar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.