McDonald’s começa a testar novo formato de restaurante nos EUA para competir com a Starbucks

Restaurante será focado em atrair consumidores no período da tarde; McDonald’s também planeja abrir 9.800 restaurantes tradicionais em todo o mundo nos próximos quatro anos

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O McDonald’s está testando um novo formato de restaurante nos Estados Unidos chamado CosMc’s, com bebidas e petiscos personalizáveis destinados a atrair consumidores no período da tarde e competir com concorrentes como Starbucks e Dunkin’. A empresa anunciou a abertura de dez restaurantes CosMc’s até o primeiro semestre do próximo ano, com uma unidade próxima à sede em Chicago e os demais no Texas. Os resultados serão estudados por pelo menos um ano antes de decidir sobre uma expansão.

Além disso, o McDonald’s planeja abrir quase 10 mil restaurantes em todo o mundo nos próximos quatro anos, totalizando 50 mil restaurantes — um ritmo de crescimento sem precedentes, mesmo para a maior cadeia de hambúrgueres do mundo. Pretende inaugurar 900 novas lojas nos EUA e 1.900 em mercados internacionais operados pela empresa e por franqueados, como Canadá, Alemanha, Reino Unido e Austrália. O McDonald’s planeja abrir outros 7 mil restaurantes em mercados internacionais operados por licenciados, sendo mais da metade na China.

Competição com a Starbucks

PUBLICIDADE

Além da expansão física, o McDonald’s também está contando com o CosMc’s para ampliar seu cardápio, horários de serviço e competir com outras redes em crescimento, como a Starbucks.

O presidente e CEO do McDonald’s, Chris Kempczinski, disse que o CosMc’s foi projetado para preencher uma queda nas vendas que a empresa observa no meio da tarde. No entanto, a complexidade das bebidas oferecidas, como churro frappe, slush de pera ou latte de cúrcuma, torna impossível encaixá-las nos restaurantes existentes. O CosMc’s, nomeado após um personagem alienígena que o McDonald’s introduziu na década de 1980, também servirá petiscos como pretzel bites e Egg McMuffins.

CosMc's terá bebidas com combinações diferentes para atrair público durante a tarde  Foto: McDonald's/EFE

O McDonald’s está testando novos sistemas nos restaurantes CosMc’s de pequeno formato, incluindo pistas de drive-thru que gerenciam o tráfego com base na complexidade dos pedidos.

A empresa enfatiza a importância de posicionar os restaurantes mais próximos dos clientes para garantir que a comida chegue mais rápida e quente, especialmente devido ao crescimento explosivo da demanda por entrega. As vendas globais de entrega do McDonald’s passaram de US$ 1 bilhão em 2017 para mais de US$ 16 bilhões.

Kempczinski afirmou que os novos restaurantes provavelmente terão áreas dedicadas para retirada de entregas, mas ressaltou a importância de abrir restaurantes físicos, não apenas cozinhas de entrega. Ele não está preocupado com a concorrência das vendas de locais existentes, argumentando que mudanças demográficas nos EUA deixaram muitas partes do país subatendidas, e a empresa também quer evitar que concorrentes ocupem boas localizações.

Publicidade

Cardápio de bebidas do novo CosMc's Foto: McDonald's/EFE / McDonald's/EFE

Outros investimentos

Além disso, o McDonald’s anunciou uma parceria de vários anos com o Google Cloud para otimizar os sistemas de computação em nuvem, acelerando operações como recomendações de menu em quiosques de pedidos ou na pista de drive-thru. A empresa está confiante para investir em novas lojas e tecnologia devido ao desempenho sólido, com vendas em mesmas lojas crescendo quase 9% mundialmente no terceiro trimestre.

O foco continua nos itens principais do menu, como Quarter Pounders e batatas fritas, e a empresa planeja melhorias nos hambúrgueres, como pães mais macios e torrados, queijo mais derretido e mais molho Big Mac. O McDonald’s também busca crescimento nas vendas de frango e café, visando expandir a marca McCafe para oferecer um café mais consistente globalmente./AP

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.