Farm, Vans, Hering e mais: possível fusão entre Arezzo e Soma envolveria 22 marcas

Saiba quais são as marcas pertencentes aos dois grupos

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A Arezzo e o Grupo Soma confirmaram nesta semana que negociam uma possível fusão. A nova holding chegaria a aproximadamente R$ 11,8 bilhões em valor de mercado, de acordo com projeção da Ativa Investimentos. Para comparação, a Lojas Renner tem R$ 15,2 bilhões.

As empresas ressaltam que não há qualquer documento vinculante celebrado até o momento e deixam claro que a operação pode não ser confirmada. Caso se concretize, porém, o negócio poderá envolver 22 marcas. Veja quais as marcas de Arezzo e Soma hoje.

Arezzo

PUBLICIDADE

Com a estratégia de ser uma “house of brands” (casa de marcas), a Arezzo adquiriu nos últimos anos a Reserva e a Baw. Além disso, em 2019 passou a ter o licenciamento da marca Vans no Brasil.

A empresa teve receita líquida de R$ 1,6 bilhão no terceiro trimestre do ano passado, e um lucro líquido recorrente foi de R$ 107 milhões. Veja as marcas da Arezzo:

  • Arezzo
  • Schutz
  • Anacapri
  • Alexandre Birman
  • Alme
  • Vans
  • AR&CO
  • TROC
  • ZZ Mall
  • Baw Clothing
  • Carol Bassi
  • Vicenza
Loja da Arezzo em São Paulo; Arezzo e Grupo Soma confirmaram nesta semana que negociam possível fusão.  Foto: Hélvio Romero/Estadão

Soma

O Grupo Soma foi criado em 2010, com a fusão de Animale e Farm. No terceiro trimestre do ano passado, o Soma registrou R$ 1,5 bilhão em receitas e um lucro líquido de R$ 96 milhões.

Seu movimento recente mais relevante foi a compra da Hering, em 2021. Veja as marcas do Grupo Soma:

Publicidade

  • Animale
  • Farm
  • Fábula
  • Foxton
  • Cris Barros
  • Off Premium
  • Maria Filó
  • NV
  • Hering
  • Dzarm
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.