Publicidade

GM cria nova organização regional com sede em SP

A General Motors criou uma nova organização regional para atender o aumento da demanda dos consumidores da América do Sul. Em um comunicado, a GM informou que a sede da companhia na região ficará em São Paulo e será liderada por Jaime Ardila, que atualmente é presidente e gerente-geral da GM no Mercosul."A prioridade número um de Jaime será garantir o melhor para nossos consumidores nessa importante e crescente região", afirmou o chairman e executivo-chefe da montadora norte-americana, Ed Whitacre.A GM América do Sul inclui as operações de venda e produção da companhia no Brasil, Argentina, Colômbia, Equador e Venezuela, bem como atividades de venda na Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai. Atualmente a empresa tem 29 mil empregados na região. Nos cinco primeiros meses deste ano, a GM vendeu 394 mil veículos na América do Sul e sua participação de mercado na região foi de 20,2%.A montadora informou que Denise C. Johnson, vice-presidente para relações trabalhistas da GM, vai se tornar presidente e diretora-gerente da GM do Brasil a partir de 1º de julho de 2010. Catherine L. Clegg, que é gerente de manufatura da GM América do Norte, vai suceder Denise. As informações são da Dow Jones.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.