PUBLICIDADE

Publicidade

Laboratório Aspen quer exercer opção de compra na América Latina

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A maior fabricante africana de medicamentos genéricos, Aspen, informou nesta terça-feira que tentará exercer sua opção de compra dos 49 por cento restantes de seus negócios na América Latina, incluindo Brasil, México e Venezuela. No Brasil, a companhia detém participação de 49 por cento na Cellofarm, antes unidade totalmente controlada pela divisão latino-americana da indiana Strides. A companhia, umas das 20 maiores fabricantes de genéricos do mundo, informou também nesta terça-feira que a receita no ano subiu 80 por cento, para 8,45 bilhões de rands (1,12 bilhão de dólares). O lucro por ação cresceu 68 por cento, enquanto o lucro operacional avançou 82 por cento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.