Publicidade

Petróleo sobe e bolsas da Ásia têm queda após explosão no Irã; veja os impactos econômicos

Em meio a tensão com Israel, relatos de explosão foram ouvidos próximo ao aeroporto da cidade iraniana de Isfahan na noite desta quinta-feira, 18

Por Mateus Fagundes e Natália Coelho
Atualização:

Em meio a tensão com Israel, relatos de explosão no Irã na noite desta quinta-feira, 18, já começaram a movimentar o mercado internacional. Os impactos econômicos do ataque próximo ao aeroporto da cidade iraniana de Isfahan, na região central do país, menos de uma semana depois de Teerã lançar um ataque em direção ao território israelense afetaram o mercado petroleiro, a cotação do dólar frente ao iene, juros dos treasuries e as bolsas da Ásia.

Autoridades militares israelenses disseram ao The New York Times que o país atingiu o Irã, mas nem o Exército, nem o governo se pronunciaram oficialmente.

Uma captura de imagem disponibilizada pela TV estatal iraniana, a Islamic Republic of Iran Broadcasting (IRIB), mostra o que a TV disse ser uma imagem ao vivo da cidade de Isfahan no início de 19 de abril de 2024, após relatos de explosões ouvidas no província no centro do Irã. Foto: IRANIAN STATE TV (IRIB) / AFP

A crise escala desde que a representação diplomática de Teerã em Damasco, na Síria, foi alvo do ataque que matou comandantes da Guarda Revolucionária Iraniana, no começo do mês. O Irã culpou Israel e retaliou com mais de 300 mísseis e drones no último fim de semana, elevando o risco de uma guerra aberta no Oriente Médio.

Petróleo sobe em 4%

Os contratos futuros de petróleo operam em forte alta neste fim de noite, impulsionados por relatos de explosão no Irã. Na Intercontinental Exchange, o barril do petróleo Brent para junho subia às 23h37 (de Brasília) 4,10%, a US$ 90,68. Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do WTI para o mesmo mês saltava 4,205, a US$ 85,55.

Dólar cede ante iene e juros dos treasuries caem mais

PUBLICIDADE

As explosões também alimentam uma busca por ativos de segurança no mercado financeiro internacional. As cotações do iene, dos títulos longos do Tesouro dos Estados Unidos e do ouro operam em alta forte.

Às 23h26 (de Brasília), o dólar caía a 153,791 ienes, o euro cedia a US$ 1,0615 e a libra avançava a US$ 1,2392. O rendimento da T-note de 2 anos caía a 4,897%, o da T-note de 10 anos cedia a 4,527% e o do T-bond de 30 anos tinha baixa a 4,646%. O ouro para junho subia 1,06%, aos US$ 2.423,50 a onça troy.

Bolsas da Ásia tem queda de até 3%

As bolsas da Ásia operam em queda de mais de 3% após agências de notícias do Irã relatarem as explosões. Às 23h40 (de Brasília), o índice Nikkei, da Bolsa de Tóquio, cedia 3,16%, o índice Kospi, em Seul, caía 3,17%, e o Hang Seng, em Hong Kong, recuava 1,69%.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.