Publicidade

Reservas ficam acima de US$ 80 bi pela primeira vez

O resultado de US$ 81,440 bi é o maior desde o início da série histórica

Por Agencia Estado
Atualização:

As reservas internacionais do Banco Central ficaram, pela primeira vez desde o início da série histórica em dezembro de 1956, acima dos US$ 80 bilhões. Com a alta de US$ 1,641 bilhão na última terça-feira, véspera do feriado do dia da República, o valor das reservas passou dos US$ 79,799 bilhões de segunda para US$ 81,440 bilhões no conceito de liquidez internacional. Contribuíram para a elevação o ingresso dos US$ 1,5 bilhão captados pelo Tesouro Nacional na semana passada com a emissão do Global 2017 e a entrada dos dólares comprados pelo BC na sexta-feira da semana passada. O valor das reservas representa o total de moeda estrangeira (principalmente dólares, no caso brasileiro) mantido pelo BC, disponível para uso imediato. As reservas internacionais têm origem nos superávits do balanço de pagamentos: toda vez que há uma entrada de moeda estrangeira, o BC realiza o câmbio, ficando com os dólares e pagando os exportadores em reais. Quando há mais entradas de dólares que saídas, o BC acumula reservas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.