Publicidade

Temer quer votar projeto que acaba com fator previdenciário

Presidente da Câmara dos Deputados diz que também colocará em votação outras propostas para aposentados

Por Denise Madueño e da Agência Estado
Atualização:

O presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), afirmou nesta terça-feira, 3, que colocará em votação o projeto aprovado pelo Senado que acaba com o fator previdenciário para o cálculo das aposentadorias. Além desse projeto, Temer também colocará em votação outras propostas que beneficiam aposentados, como a que corrige os benefícios de acordo com a variação do salário mínimo.   Veja também: Entenda o fator previdenciário e o que pode mudar   Esses projetos foram aprovados no Senado e aguardam votação pela Câmara. O governo combate essas propostas e argumenta que causariam um rombo nos cofres da Previdência. "Não vou evitar temas polêmicos", disse Temer. "Nosso dever é tentar fazer com que a economia do País suporte essa despesa", completou.   Ele afirmou não ter ainda a data da votação e que o assunto constará de uma lista de temas que ele pretende incluir em um calendário para a Câmara. Temer disse que vai elaborar um calendário que preveja, com antecedência, as votações e, com isso, estimulará a discussão dos assuntos na sociedade.   Entre outros temas que o presidente adiantou estão a votação da proposta de emenda constitucional (PEC) que prevê a desapropriação de terras onde houver trabalho escravo, que desagrada a bancada ruralista, e o Código Florestal que, em contrapartida, é defendido pelos proprietários de terra. Também deverá ir ao plenário a proposta que trata do foro privilegiado para autoridades.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.