PUBLICIDADE

Ana Castela é acusada de plágio em ‘Solteiro Forçado’ e cantor pede R$ 200 mil em indenização

Luan Kaique Vieira Castelan alega semelhança na melodia de sua música ‘Lado Direito’; equipe da artista ‘não tem informações sobre o caso’

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Ana Castela está sendo processada por plágio na canção Solteiro Forçado. Luan Kaique Vieira Castelan alega que a canção da cantora tem a melodia semelhante da sua música Lado direito.

A cantora Ana Castela. Foto: Mauricio Antonio

PUBLICIDADE

O Estadão teve acesso ao processo e o artista pede R$ 200 mil em indenização por plágio e também um pedido de retratação pelo “uso indevido” de sua música. A defesa de Luan enviou o seguinte comunicado:

“Os advogados que subscrevem a presente nota de esclarecimento foram procurados pela assessoria do artista Luan Castelan, sob alegação de plágio da composição ‘lado direito da cama’. O artista foi surpreendido com a divulgação da música ‘solteiro forçado’ nas plataformas de músicas e vídeos, sendo interpretada pelos réus, por não atribuírem os devidos créditos e autorização pela utilização da obra intelectual, o que culminou no ajuizamento da ação para reivindicação dos direitos autorais. Por fim, no curso processual restará devidamente provada as razões autorais”, disse Ricardo Bockorny, advogado do cantor.

A assessoria de imprensa de Ana Castela disse que ainda “não tem informações sobre o caso” e que aguardam “retorno da área responsável”. Lado direito foi lançada em 2019, tem a composição assinada por Luan, Alex Marques e Dant e acumula 70 mil views no Youtube.

Solteiro Forçado estreou nas plataformas digitais em julho deste ano e tem mais de 160 milhões de visualizações. Além de Ana, mais cinco nomes assinam a composição: Vinicius Poeta, Benicio, Léo Souzza, Mateus Félix e Rodolfo Alessi. Todos os compositores são partes do processo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.