PUBLICIDADE

Armie Hammer: por onde anda o ator, acusado de canibalismo e abuso?

Ele sumiu das redes sociais após separação e acusações de canibalismo e retornou em novembro de 2023

Foto do author Maria Eduarda Camargo
Por Maria Eduarda Camargo

Um vídeo em um trem, uma foto com conhecidos e amigos na praia e, por último, uma foto com amigos em um restaurante. Todas de novembro de 2023. Essas são as únicas postagens que o ator Armie Hammer, 37 anos, conhecido por produções como Me Chame Pelo Seu Nome e Morte no Nilo e acusado de canibalismo e abuso em 2021, fez em suas redes sociais.

PUBLICIDADE

Depois das fotos, Armie sumiu novamente dos perfis. O ator foi visto, anteriormente, em julho de 2023, trabalhando como concierge em um resort nas Ilhas Caymann. Apesar disso, o hotel negou os boatos para a revista Variety sobre Hammer.

Ele também não está cotado para nenhuma produção cinematográfica neste momento. Em junho de 2023, Armie finalizou o processo de divórcio com Elizabeth Chambers, iniciado em 2020.

Armie Hammer em Morte no Nilo, filme de 2022 que estrelou ao lado de Gal Gadot Foto: Reprodução / Youtube 20th Century Studios Brasil

Acusações

Armie foi acusado separadamente por três mulheres de abuso sexual. O caso foi processado na delegacia de Los Angeles, mas arquivado por falta de provas, segundo Tiffiny Blacknell, diretora de comunicações do distrito: “Foi impossível provar as acusações de forma concreta”.

Tiffiny completou: “Casos de violência sexual são, por vezes, difíceis de serem provados, razão pela qual colocamos nossos promotores mais experientes para trabalhar. Neste caso em específico, nossos promotores fizeram uma revisão detalhada, mas determinaram que, no momento, não havia evidência suficiente para indiciar o Sr. Hammer pelo crime”.

Relacionamentos e abuso

Elizabeth Chambers, 41 anos, empresária que se divorciou de Armie Hammer em 2021, falou sobre o término do relacionamento de quase dez anos com ele e a decepção que sofreu após as acusações. “Descobri tudo junto com o resto do mundo”. O casal compartilha a guarda dos dois filhos, Harper, de 8 anos, e Ford, de 6.

Na época, ela decidiu se posicionar sobre as denúncias e revelou estar chocada com as declarações. “Há semanas venho tentando processar tudo o que aconteceu. Estou chocada, com o coração partido e devastada. Estou ouvindo e continuarei a ouvir e me educar sobre esses assuntos delicados. Eu não percebi o quanto eu não sabia”, escreveu no Instagram. Ela ficou casada com o ator por dez anos, de 2010 a 2020.

Publicidade

Chambers declarou seu apoio às vítimas de abusos. “Apoio qualquer vítima de agressão ou abuso e exorto todos que já passaram por essa dor que busquem a ajuda de que precisam para se curar”.

Em fevereiro, o ator se abriu sobre as acusações para o Air Mail News: “Estou aqui pelos meus próprios erros”. Ele revelou também ter sido abusado durante a infância e admitiu ter sido abusivo em suas relações amorosas e sexuais com mulheres.

Brittany Schmitt, 32 anos, ex-namorada de Hammer, contou também em podcast sobre o relacionamento que manteve com o ator, “tudo que fizemos foi consensual”, mas que “ele chegava a cruzar a linha do aceitável entre quatro paredes”. Os dois têm tatuagens compartilhadas, expôs Brittany, que fizeram em seu primeiro encontro.

* Estagiária sob supervisão de Charlise de Morais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.