PUBLICIDADE

Doja Cat é agredida pelo irmão mais velho e mãe denuncia; entenda o caso

Deborah afirmou que Raman arrancou dentes da artista e deu detalhes dos abusos sofridos por ela e pela cantora a um juiz

Foto do author Maria Fernanda Viana
Por Maria Fernanda Viana

A mãe de Doja Cat, Deborah Elizabeth Sawyer, acusou seu filho Raman, irmão mais velho da cantora, de abusar verbal e fisicamente da irmã e, ainda, relatou as agressões a um juiz.

De acordo com documentos obtidos pelo site TMZ, Deborah Elizabeth Sawyer entrou com um pedido de ordem de restrição contra seu filho mais velho, Raman Dalithando Dlamini, após denunciá-lo por agressão.

Doja Cat foi agredida pelo irmão, segundo denúncia da mãe Foto: Reprodução | Instagram @dojacat

PUBLICIDADE

Deborah afirmou que Raman arrancou dentes da artista. Além disso, ela também relatou que o filho destruiu e roubou algumas propriedades de Doja Cat. Nos documentos, a mãe afirmou que a cantora é abusada de forma “muito degradante e humilhante”, o que a transforma em uma pessoa “insegura e traumatizada”.

Na denúncia, ela afirmou também ser uma vítima dos abusos do filho. Deborah conta que o caso mais recente de ameaça aconteceu no início do mês. Foi concedida proteção judicial para a mãe até que aconteça uma audiência para uma ordem de restrição permanente.

Ainda segundo o TMZ, a medida protetiva não foi concedida à cantora. O juiz alegou que ela mesma precisa registrar seu próprio pedido de ordem de restrição. Até agora, Doja Cat não se pronunciou sobre as acusações.

Nesta semana, a cantora foi anunciada como uma das atrações principais do Coachella 2024, festival musical que acontece em Indio, Califórnia. Doja Cat deverá se apresentar nos dias 14 e 21 de abril.

* Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.